Vale a pena ser um instalador fotovoltaico

O Brasil recebe irradiação do sol o ano todo. Por isso, cada vez mais, a energia solar segue em expansão no país, aumentando a geração de energia limpa e sustentável, e ajudando a complementar a matriz elétrica brasileira. Só no ano passado, esse setor teve recorde de investimentos: 18% maior do que em 2016 e recebeu mais recursos do que qualquer outro tipo de fonte energética, segundo o último relatório da Organização das Nações Unidas (ONU).

Para se ter uma ideia, em 2017, a capacidade instalada de energia solar deu um salto impressionante: 4.470% em apenas um ano. Passou de 21 megawatts para perto do primeiro gigawatt (GW). Esse número, porém, deve ser visto com moderação. A energia solar tem muito a crescer no sistema nacional de geração, representa apenas 0,6% da potência instalada no Brasil.

Em 2016, o número de microgeradores de energia solar cresceu 407% em relação ao ano anterior, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).  O crescimento acentuado ocorreu principalmente em residências (80%). Para 2024, o órgão prevê que serão 887 mil unidades consumidoras que receberão créditos dessa energia, totalizando uma potência instalada de aproximadamente 3,2 GW.

O sol continua a brilhar no ano que vem. Em 2019, a expectativa de crescimento é de 300%. Além disso, estimativas do governo apontam que este segmento deve movimentar cerca de U$ 100 bi até 2040.


Expansão da energia solar

A ascensão do mercado de energia solar no país é impulsionada por dois motivos principais: a redução de 75% no preço da energia solar fotovoltaica nos últimos 10 anos e o forte aumento do preço da energia elétrica, que desde 2012 acumula alta de 499%, segundo dados do Ministério de Minas e Energia.

O setor de geração distribuída de energia solar foi regulamentado no Brasil em 2012. E nos últimos dois anos, a quantidade de geradores de energia solar chegou a triplicar. A expectativa é que o mercado brasileiro cresça significativamente, devido à redução dos custos dos equipamentos e aumento constante do preço da energia elétrica. Esse resultado significa a possibilidade de grande redução no valor da conta de luz.

A maior parte das instalações brasileiras é em residências, mas com as facilidades de financiamentos previstas no mercado, em curto prazo as indústrias e o comércio em geral vão poder se beneficiar da energia solar.

Para atender a toda essa demanda, a PHB Solar se especializou no fornecimento de Sistemas Fotovoltaicos Completos para a geração de energia e conexão à rede. Disponibiliza sistemas de todas as capacidades para atender plantas de pequeno a grande porte, além de uma equipe técnica e de engenharia para apoiar totalmente seus parceiros na implantação do sistema.

Mercado de trabalho promissor

Junto com esse panorama promissor, grandes oportunidades como instalador fotovoltaico surgem no mercado de trabalho.

Dados da Agência Internacional de Energia Renovável (Irena) revelam que o setor de energia renovável criou mais de 500 mil novas vagas de empregos em todo o mundo em 2017, um aumento de 5,3% comparado ao ano anterior.

Segundo o órgão, o ramo de energia solar fotovoltaica continua sendo o maior empregador entre as tecnologias de energia renovável e é responsável por cerca de 3,4 milhões de empregos, quase 9% a partir do ano de 2016, com o crescimento do número de instalações.

No Brasil, já são mais de 45 mil sistemas fotovoltaicos instalados no país e a previsão é de que até 2024 surjam 1,2 milhões em todo território nacional. Essa tecnologia requer um conhecimento específico do profissional, devido ao seu alto grau de particularidades, o que exige qualificação na área.

É essencial que os instaladores se capacitem para compreender e aplicar as boas práticas de instalação exigidas pelo mercado. Essas práticas têm o objetivo de garantir tanto a segurança do instalador quanto da instalação realizada.

Os instaladores fotovoltaicos colocam, implementam e mantêm painéis solares, que convertem os raios do sol em energia, nos telhados de casas, indústrias ou outros edifícios, sempre seguindo as normas vigentes no país.

Deseja ingressar nessa carreira tão promissora? Conheça já o curso de inversores fotovoltaicos da PHB Solar.


PHB: Pioneira no setor de energia solar

A PHB Solar é uma empresa que está sempre em busca de inovação e qualidade.

Sabemos que a instalação de um sistema fotovoltaico é fundamental para a diminuição dos gastos com a conta de energia, porém ele só será eficaz se os equipamentos utilizados forem de qualidade. E isto você pode encontrar na PHB Solar.

Considerada há anos líder de mercado no segmento de energia solar, a PHB oferece as melhores soluções tecnológicas para todos aqueles que desejam aderir ao uso de energias renováveis.

Se você quer saber mais sobre o setor de energia solar e suas vantagens, entre em contato conosco através do nosso site https://www.energiasolarphb.com.br/contato.php28

Por que as energias solar e eólica são as mais baratas do mundo

As energias solar e eólica se tornaram as fontes mais econômicas de geração de eletricidade em quase todos os principais países do mundo, incluindo a Índia e a China, segundo o relatório deste ano da Bloomberg New Energy Finance (BNEF)¸ empresa internacional de informações financeiras e notícias.

O estudo, que compara os custos entre os tipos de eletricidade, mostrou que essas energias já estão sendo utilizadas a preços muito mais baixos como fonte de geração energética pelas grandes economias mundiais, com exceção apenas do Japão.

 

Para chegar a este resultado, o relatório analisou todas as despesas que envolvem os custos de produção para gerar eletricidade e distribuí-la para a população. Esse processo inclui vários fatores, como os custos do combustível, da construção de uma usina elétrica, da manutenção da rede, além de políticas fiscais e de incentivo.

 

Isso mostra que as energias solar e eólica já estão consolidadas a nível global e, atualmente, devido ao custo cada vez mais reduzido dominam os investimentos do setor energético mundial. Existe a expectativa de uma transição mais rápida para energias renováveis no mundo, uma vez que o custo dessas usinas deverá cair e se tornar mais baixo nos próximos 10 anos.

Mesmo na Índia e na China, lugares que utilizavam o carvão como fonte energética principal, as energias solar e eólica superaram as despesas com o carvão e apareceram como uma geração mais barata, de acordo com a avaliação da Bloomberg. Hoje em dia, as usinas solares e eólicas indianas são construídas pela metade dos gastos que seriam usados na construção de novas usinas de carvão.

 

Uma contração no mercado chinês, levou o custo da energia fotovoltaica para US$ 60 MWh (megawatt-hora) no segundo semestre deste ano, com queda de 13% em relação ao primeiro semestre de 2018. A eólica mostrou custo de aproximadamente US$ 52 MWh no mesmo período, graças às turbinas mais baratas, segundo a análise da BNEF.

 

Em agosto, os dados da Bloomberg NEF revelaram que o mundo ultrapassou um total de 1 terawatt (TW) em capacidade de geração de energias eólica e solar instaladas. De acordo com as estimativas da BNEF, o segundo TW deve ser alcançado até meados de 2023. A boa notícia é que as energias renováveis custarão aproximadamente 46% a menos que o primeiro.

 

Energia solar

A energia solar é proveniente da luz do sol e obtida por meio de painéis solares fotovoltaicos, que têm como função captar a energia luminosa e transformá-la em energia elétrica. É uma energia renovável, pois o sol é uma fonte gratuita, ao contrário dos combustíveis fósseis que são um recurso limitado e altamente poluente ao meio ambiente, e mais caro.

Entre as vantagens da energia solar podemos destacar que suas usinas utilizam a energia concentrada e armazenam o excedente para usá-la quando for preciso. Pode-se até vender a energia produzida pelos painéis solares.

Atualmente, apenas 1% da energia gerada no mundo provém das fontes de energias solares. Dentre os maiores produtores mundiais estão: a Alemanha, a Itália, a Espanha, o Japão e os Estados Unidos.

 

No Brasil, a energia solar representa apenas 0,02% da produção energética, com estimativas de atingir 4% até 2024, segundo dados do Ministério de Minas e Energia.

 

Energia eólica

Já a energia eólica é o processo pelo qual o vento é transformado em energia cinética e, a partir dela, em elétrica por meio da movimentação de grandes turbinas conhecidas como aerogeradores. Eles possuem formato de catavento ou moinhos e são instalados em regiões onde há grande incidência de ventos.

A exploração comercial da energia eólica no Brasil começou em 1992, quando foi instalado o primeiro aerogerador em Fenando de Noronha (PE). O país conta com 298 usinas eólicas instaladas e é líder do setor no mercado sul-americano.

 

A produção diária brasileira é cerca de 2,9 MW, o suficiente para abastecer 13 milhões de pessoas. A energia eólica representa apenas 3,5% da matriz energética do Brasil, mas a meta do Ministério das Minas e Energia é chegar a 11% até 2023.

 

PHB: Pioneira no setor de energia solar

A PHB Solar é uma empresa que está sempre em busca de inovação e qualidade.

Sabemos que a instalação de um sistema fotovoltaico é fundamental para a diminuição dos gastos com a conta de energia, porém ele só será eficaz se os equipamentos utilizados forem de qualidade. E isto você pode encontrar na PHB Solar.

Considerada há anos líder de mercado no segmento de energia solar, a PHB oferece as melhores soluções tecnológicas para todos aqueles que desejam aderir ao uso de energias renováveis.

Se você quer saber mais sobre o setor de energia solar e suas vantagens, entre em contato conosco através do nosso site https://www.energiasolarphb.com.br/contato.php

Energia solar ganha eficiência no campo

Cada vez mais, a diversificação da matriz energética torna-se uma realidade no mundo. A boa notícia é que a energia limpa e sustentável está mais próxima das propriedades dos produtores rurais brasileiros, que apostam na energia solar como uma forma de diminuir custos e aumentar a produtividade.

Para se ter uma ideia, no primeiro semestre deste ano, o Brasil atingiu 260 megawatts (MW) médios de potência de energia solar fotovoltaica gerada pela instalação de sistemas de microgeração e minigeração, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). Esse número representa um crescimento recorde: 88 vezes a mais do que o registrado no mesmo período de 2017.

Os sistemas de micro e minigeração foram regulamentados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 2012, ao determinar que o consumidor poderia gerar sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis ou cogeração, isto é, fornecer o excedente à rede de distribuição de sua localidade. 

Só o meio rural nacional atingiu 15,8 MW de utilização operacional de energia solar fotovoltaica. Essa marca significa que o uso dessa energia aumentou nove vezes em 2017, e já dobrou este ano.

A utilização de energia solar nas propriedades rurais é uma alternativa para que o produtor economize até 90% do consumo de energia, além de auxiliá-lo a adquirir autonomia em locais de difícil acesso à rede elétrica, que podem deixá-lo vulnerável e reduzir a sua produtividade. 

A instalação dos equipamentos necessários para a geração de energia solar fotovoltaica pode garantir também que o agricultor não sofra com a oscilação de energia elétrica que, em casos mais críticos, pode até queimar os aparelhos e maquinários da propriedade.

O uso crescente da energia limpa e renovável, substituindo fontes de energia obtida com a queima de combustíveis fósseis, beneficiam também a saúde da população da região e o meio ambiente. Mas é importante lembrar que os sistemas de energia solar só funcionam se estiverem ligados à rede elétrica.

Nos últimos anos, a instalação da energia solar fotovoltaica ficou cerca de 80% mais barata, de acordo com a Absolar. Por outro lado, o custo da energia elétrica não para de subir. Com os incentivos do governo para a diversificação da matriz energética e o aumento do uso da energia solar em todo o território nacional, é possível conseguir financiamentos a valores acessíveis e, em poucos anos, recuperar o investimento feito nos equipamentos para implementar o sistema de energia solar fotovoltaica.

Financiamentos

Em setembro deste ano, o governo federal anunciou um novo programa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiar empresas e pessoas físicas que queiram investir em energia renovável. São duas linhas de crédito no valor de R$ 2,2 bilhões, segundo informações do ministério do Meio Ambiente.

Uma das linhas, do programa Finame, terá orçamento de R$ 2 bilhões para bens e equipamentos de geração eólica e solar. É voltada para condomínios, empresas, cooperativas, produtores rurais e pessoas físicas, que poderão financiar até 100% do total a ser aplicado nos equipamentos, com prazo de pagamento de até 120 meses.

Na outra linha, pessoas físicas e microempresas poderão financiar instalações de energias renováveis com recursos do Fundo Clima. O orçamento será de R$ 228 milhões, com juros de 4% para quem tem renda anual de até R$ 90 mil e de 4,5% nos demais casos. A carência será de até 24 meses e a amortização em até 12 anos.

Está procurando soluções tecnológicas em energia solar? Encontre tudo o que você precisa na PHB Solar.


PHB: Pioneira no setor de energia solar

A PHB Solar é uma empresa que está sempre em busca de inovação e qualidade.

Sabemos que a instalação de um sistema fotovoltaico é fundamental para a diminuição dos gastos com a conta de energia, porém ele só será eficaz se os equipamentos utilizados forem de qualidade. E isto você pode encontrar na PHB Solar.

Considerada há anos líder de mercado no segmento de energia solar, a PHB oferece as melhores soluções tecnológicas para todos aqueles que desejam aderir ao uso de energias renováveis.

Se você quer saber mais sobre o setor de energia solar e suas vantagens, entre em contato conosco através do nosso site https://www.energiasolarphb.com.br/contato.php

Como se tornar um instalador fotovoltaico

Para quem busca novas oportunidades profissionais, uma boa opção é se qualificar na área de energia solar. A expectativa é de que este tipo de sistema energético crie projetos que podem resultar em pelo menos 100 mil novos empregos até 2020. Só este ano, as usinas solares instalaram uma capacidade de cerca de 3,3 gigawatts (GW) no país, para suprir a demanda por sistemas de energia limpa e renovável, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

Muitos fatores contribuem para a alta no crescimento da energia solar fotovoltaica no Brasil. Entre os principais motivos estão o valor reduzido dos painéis solares, os incentivos fiscais e o interesse na produção de energia sustentável. Pesquisas apontam que este mercado deve continuar se desenvolvimento nos próximos 10 e 15 anos.

De todas as profissões existentes no mercado nacional de energia solar, a de instalador fotovoltaico é uma das mais requisitadas no momento. Isso porque uma instalação necessita de dois instaladores atuando ao mesmo tempo.

Mas para exercer atividade no setor de instalação de energia solar é imprescindível fazer um curso especializado em tecnologia fotovoltaica, oferecido por empresas do ramo, como a PHB Solar.

Pioneira na área e reconhecida pela qualidade de seus produtos e serviços, o curso da PHB Solar habilita o profissional para a instalação de painéis solares em residências, indústria e comércio, contemplando desde projetos simples até os mais complexos.

O primeiro passo da instalação é a montagem da estrutura de fixação dos módulos fotovoltaicos, que convertem os raios do sol em energia. Elas podem ser de diferentes tipos e variam de acordo com o objetivo de cobertura onde será instalado o sistema. A estrutura deve ser nivelada e fixada na superfície da instalação. Em seguida, os módulos são alinhados e fixados, de acordo com as normas vigentes no país.

Para se destacar neste mercado é importante cumprir à risca os prazos determinados para a entrega do projeto. Junto com um serviço de qualidade, o cumprimento dos prazos faz com que o cliente fique totalmente satisfeito e indique o profissional a outras pessoas. É essencial também que o instalador fotovoltaico se mantenha sempre atualizado sobre o mercado, novos equipamentos e dados econômicos.

Capacitação profissional

A tecnologia fotovoltaica exige conhecimentos específicos para que o instalador esteja capacitado a aplicar as boas práticas de instalação exigidas pelo mercado. Estas práticas visam garantir a segurança tanto do instalador quanto da instalação realizada.

Na hora de escolher o seu curso, lembre-se de optar por um treinamento prático, no qual possibilite manusear as ferramentas e simular todas as etapas de instalação em um sistema fotovoltaico.

Uma excelente alternativa para se tornar um instalador fotovoltaico é o treinamento da PHB Solar. Seu curso conta com profissionais altamente qualificados, aulas dinâmicas e inovadoras, elaboradas de acordo com as exigências do mercado para a melhor formação de instaladores de sistemas de geração elétrica com fonte solar fotovoltaica.

O treinamento técnico da PHB Solar aborda os seguintes temas: teoria e dimensionamento de sistemas fotovoltaicos conectados à rede, teoria e dimensionamento dos inversores PHB, dimensionamento e soluções das estruturas PHB para sistemas fotovoltaicos, normas brasileiras e documentação para legalização junto às concessionárias, procedimento para correta instalação do arranjo fotovoltaico e treinamento dedicado para startup dos inversores e sistemas de monitoramento PHB.

Quer se tornar um inversor fotovoltaico e ter sucesso na profissão? Inscreva-se já no curso da PHB Solar.


PHB: Pioneira no setor de energia solar

A PHB Solar é uma empresa que está sempre em busca de inovação e qualidade.

Sabemos que a instalação de um sistema fotovoltaico é fundamental para a diminuição dos gastos com a conta de energia, porém ele só será eficaz se os equipamentos utilizados forem de qualidade. E isto você pode encontrar na PHB Solar.

Considerada há anos líder de mercado no segmento de energia solar, a PHB oferece as melhores soluções tecnológicas para todos aqueles que desejam aderir ao uso de energias renováveis.

Se você quer saber mais sobre o setor de energia solar e suas vantagens, entre em contato conosco através do nosso site https://www.energiasolarphb.com.br/contato.php