Porque a energia solar ainda é pouco utilizada no Brasil?

Energia Solar Casa
Energia Solar Casa

Hoje no Brasil a energia solar ainda é pouco utilizada, tendo apenas 600 mil residências gerando energia através de painéis solares, o que equivale a 1,1% do total. A capacidade de produção é de 132 gigawatts, e desse total menos de 0,0008% é produzida por sistemas solares fotovoltaicos. Porém, esse baixo consumo contrasta com a capacidade de produção energética do país.

O Brasil é um dos principais países do mundo em índice de insolação, recebendo uma insolação superior a 3000 horas por ano. A região nordeste recebe uma incidência média diária até 6kWh.

Esses fatores colocam o Brasil como destaque em potencial solar, então você deve estar pensando no motivo pelo qual a energia solar ainda é pouco utilizada no Brasil, não é mesmo?! Para acabar com a sua dúvida, criamos este conteúdo especialmente para você! Siga com a PHB e entenda porque a energia solar ainda é pouco utilizada no nosso país.

Pouco incentivo do Governo

Não houve nos últimos anos um grande incentivo do governo para a produção de energia solar. Em 2014 houve o primeiro leilão de nível nacional, e houve a contratação de 890MW, e o valor atingiu a cota de R$ 215,12 / MWh. Já a geração descentralizada, a que é gerada por sistema de energia solar fotovoltaica instalada nas casas, praticamente não recebe nenhum investimento governamental.

A Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica, estabeleceu em 2013 que as pessoas podem gerar sua própria energia, e trocar a energia excedente por créditos na concessionária de energia. Porém, não houve um investimento nesse setor de energia. Por isso, acaba sendo caro para o cidadão médio instalar um sistema de energia solar fotovoltaica.

Lobby das concessionárias

Há outro fator que contribui para a pouca utilização da energia solar no Brasil, que é o lobby das concessionárias de energia. Elas administram desde a análise do projeto até a coxão da rede elétrica. E, por serem companhias privatizadas, elas visam o lucro, e o crescimento da energia solar fotovoltaica, especialmente as de residências, pode acabar afetando o seu lucro. Logo, as companhias elétricas dificultam a conexão a rede elétrica, demorando em média 4 meses para efetuar esse processo.

Porém, o país tem um grande potencial de crescimento, e a meta é que até 2030 40% das residências no Brasil utilizem a energia solar para aquecimento de água. Também tem a estimativas do governo, que até 2030 o mercado de energia solar movimente R$ 100 bilhões de reais

A PHB SOLAR

A PHB trabalha com energia solar há mais de 30 anos e foi a primeira fabricante de inversores solares a ser certificada pelo INMETRO aqui no Brasil.

Portanto, se você está pensando em instalar um sistema solar fotovoltaico na sua residência, conheça os produtos da PHB Solar. Vá até o nosso site e entre em contato conosco para entender mais sobre a energia solar fotovoltaica e para saber como adquirir os kits fotovoltaicos.

Acesse aqui e mande sua mensagem para nossa equipe: http://www.energiasolarphb.com.br/contato.php